Energia Solar: a terceira maior fonte energética do Brasil

a terceira maior fonte energética do Brasil

Recentemente a energia fotovoltaica superou diversas outras fontes energéticas, ocupando, hoje, um lugar de destaque no ranking nacional de energias, se tornando a  terceira maior fonte energética do Brasil. O gás natural, a biomassa e as termelétricas, se encontram em uma posição inferior à energia solar.

De acordo com um estudo da Absolar (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica), em agosto deste ano (2022) a energia solar alcançou 16,4 gigawatts de potência aplicada, atingindo a terceira posição em relação às demais energias, dividindo o topo, respectivamente, com energia hídrica e eólica. A energia solar vem atingindo grande destaque e visibilidade nos últimos dez anos, expandindo suas possibilidades e levando luz e energia para lares, indústrias, fábricas, lojas e diversos outros espaços nunca antes imaginados!

Com o advento das placas solares, diversas famílias optaram pelo investimento em instalações seguras e econômicas, visando diminuir os gastos energéticos, enquanto contribuem com o meio ambiente e racionam gastos extremos. Tal feito elevou a energia fotovoltaica ao patamar das fontes renováveis mais “queridinhas” do Brasil, por ser sustentável, possuir capacidade infinita, ser totalmente limpa, sem que haja liberação de poluentes ou resíduos ao ambiente

E esses são só alguns dos pontos positivos deste sistema energético tão inovador e seguro.

Um dado importante é que 70% da energia solar gerada no Brasil, provém dos pequenos painéis solares, apontando para residências, pequenas propriedades e até mesmo localidades rurais, demonstrando que pequenas e grandes famílias já apostam e confiam na nova fonte energética que vem atingindo cada vez mais notoriedade. Os financiamentos neste setor vêm crescendo em disparada, incentivando ainda mais a motivação para se apostar nos benefícios da geração solar.

De acordo com um estudo realizado pela Bloomberg New Energy, a energia solar atingirá o topo do ranking nacional entre todas as fontes de energia existentes até o ano de 2050, deixando energias como eólica e hídrica para trás. Estima-se que o futuro da energia fotovoltaica seja cada vez mais promissor e brilhante, atingindo pontuações inimagináveis e levando energia de qualidade para todos.

Outro grande motivador para que a energia solar se tornasse a terceira maior fonte energética do Brasil, é o chamado Marco Legal, ainda desconhecido por muitos. O Marco da Energia Solar foi sancionado no início de 2022 e decreta que consumidores que produzem sua própria energia (energia solar), deverão pagar tarifas e taxas sobre sua própria distribuição energética. Porém, aqueles que já detém de energia ou placa solar e efetuarem a compra até janeiro de 2023, estarão isentos do gasto até o ano de 2045.

Invista hoje mesmo em sua placa solar, vamos, juntos, tornar a energia fotovoltaica a primeira e mais bem utilizada do Brasil.

paulodenardi

Compartilhe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *